Os efeitos do excesso de exercício (Overtraining)


overtraining_less_is_more_b

Muito se sabe que a prática regular de exercício físico faz bem à saúde. O que alguns - adeptos da malhação pesada ou viciados em academias - não sabem é que o exercício físico em excesso faz mal à saúde!

A síndrome do Overtraining é uma condição complexa caracterizada por um conjunto de sinais e sintomas (que não necessariamente devem acontecer simultâneamente, ou seja, a ocorrência de alguns dos listados abaixo já é suficiente para levar à referida síndrome):

v     Perda de apetite

v     Perda de peso

v     Enfraquecimento do sistema imunológico

v     Insônia

v     Irritação

v     Ansiedade

v     Depressão

v     Agressividade

v     Pequenas lesões

v     Perda de massa muscular

Tais sintomas acima descritos ocorrem em resposta a um planejamento inadequado do treinamento, geralmente sendo observado em atletas que cumprem um programa de treino mal estruturado com grandes volumes e altas intensidades, sem um período de recuperação adequado podendo ser potencializado por fatores estressores psicossociais, calendário esportivo atribulado, treinamento monótono, dieta inapropriada, e outros fatores não relacionados ao treinamento. Contudo, não apenas os atletas podem ser acometidos pelo Overtraining, indivíduos que exageram na malhação buscando atingir formas esculturais sem a devida orientação podem também atingir tal situação.

Portanto, muito cuidado com a relação intensidade/recuperação do seu treinamento, procure sempre ajuda de um profissional na montagem deste, não inclua exercícios em sua periodização sem antes solicitar a opinião do seu professor ou Personal Trainer, isso pode lhe custar sua saúde, e ao invés de lhe proporcionar maiores músculos ocorrerá o efeito inverso!!

Há grande diferença entre treinar pesado e treinar demais, o primeiro significa treinar com intensidade adequada à recuperação, enquanto o segundo prioriza intensidade em detrimento de uma correta recuperação. A recuperação é fundamental para o ganho de massa muscular, o descanso é necessário para que o músculo não entre em fadiga – estado que pode levar ao um processo catabólico (perda de massa magra).

O tratamento para o Overtraining é a interrupção do treino, e a duração deste período vai depender do grau de complexidade da síndrome. Sendo assim, a melhor forma de tratamento é a sua prevenção! Caso você esteja sentindo alguns dos sintomas anteriormente citados, diminua um pouco as cargas, a freqüência semanal, ou a quantidade de exercícios, pergunte ao professor qual destas variáveis no seu caso deve ser aliviada; lembre-se: o bom senso é importante, ninguém se transforma em Superhomem de uma hora para outra e sacrificando sua qualidade de vida com dores rotineiras!

 

 

Todos os direitos reservados.

" Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta vitória que vence o mundo: a nossa fé." ( 1Jo 5:4)

  Site Map