A fisiologia da relação número de repetição x carga


repeticoes01Por que você se preocupa tanto em repetições pares? Por que a tradicional 3 séries de 12 e não 2 de 9 por exemplo? Vou te contar um segredo: músculo não conta, pra o nosso corpo tanto faz se você faz 8 ou 9 ou 10, o que vai determinar essa diferença é a carga utilizada, a carga exata é sempre aquela que fazemos com muito esforço até a última repetição, se der para fazer mais é porque está leve para a quantidade de repetição e portanto, ao inves de aumentar a repetição, deve-se aumentar a carga, tudo vai depender também de que tipo de qualidade física o treinador quer trabalhar no dia e priorizar durante o microciclo de treinamento: cargas mais leves são para trabalhar resistência muscular localizada e as mais intensas são para força dinâmica(hipertrofia) e força pura e potência, essas últimas utilizam ainda mais carga e intervalo de desncanso distintos. Quero que perceba que independente do objetivo de seu treino, faça o exercício até a repetição onde não der mais para executar o movimento completo, essa então foi sua repetição máxima para aquela determinada carga que colocou previamente, claro que se a carga estiver mais leve vai dar para fazer muito mais repetições e portanto terá resultado diferente da situação de colocar uma carga pesada e não aguentar 5 repetições por exemplo, mas eu te aconselho no caso de estar fazendo um exercício e se seu programa de treinamento estipulou 8 repetições por exemplo e você sente que aguentaria mais, não pare na oitava repetição e só pare até onde conseguir fazer a ultima execução com o maximo de esforço, já, obviamente no próximo set (conhecido por leigos como série) você aumentará a carga porque o objetivo principal era fazer aquela determinada repetição e trabalhar com mais carga, isso faz toda a diferença na eficácia do treinamento, normalmente as pessoas obedecem a x repetições sendo que a carga já não corresponde com aquela estipulada faz tempos, ou então passam muito tempo(mais de mês) fazendo sempre o mesmo estímulo com o mesmo número de repetições e mudando praticamente em nada a carga, a carga é preciso ser constantemente alterada de acordo com o ciclo de treinamento e estrategicamente calculada para que as qualidades físicas sejam trabalhadas e claro, que a qualidade física mais necessária seja a mais estimulada. Não se importe em fazer exatos 8 ou 12, se o máximo que conseguiu executar foi 13 parabéns, você fez certo, nada de se preocupar só com os números mais “conhecidos”, subestimar ou supraestimar seu treinamento, pois repetindo: músculo não conta!!!

Dúvidas e sugestões:
ufrj@raquelreispersonal.com
(21)98217-7380

 

Todos os direitos reservados.

" Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta vitória que vence o mundo: a nossa fé." ( 1Jo 5:4)

  Site Map