A articulação do joelho e como prevenir lesões e dores


O joelho é uma das articulações que mais sofre com lesões e dores pelo fato de ser responsável por suportar e carregar grande parte do peso do corpo. Por isso, tal articulação precisa estar bem fortalecida e necessita de atenção e cuidados para evitar lesões e desconfortos.

Além de acometer qualquer faixa etária, toda atividade esportiva ou recreacional pode desencadear problemas e incômodos no joelho,; atividades profissionais também podem levar a lesões específicas nos joelhos, variando de acordo com a postura adotada no desempenho das funções: profissionais que ficam sentados por longo período com os joelhos fletidos tem maior chance de desenvolver dores patelares em consequencia de encurtamento muscular, em contrapartida, trabalhadores que desenvolvem suas funções em terrenos acidentados e desregulares têm maior chance de sofrerem entorses.


As lesões mais frequentes são as ligamentares, meniscais e condrais (cartilagem). Elas ocorrem, normalmente, devido a traumas relacionados à prática desportiva ou esforço árduo; explicados pelo fato de o joelho ser uma articulação dividida entre o pivô central, composto pelos ligamentos cruzados e pelos meniscos e a porção periférica, formada pelos ligamentos colaterais, pelos tendões e músculos que envolvem a articulação. A lesão ligamentar mais comum é a do ligamento colateral medial, que se localiza superficialmente na face interna do joelho, e que frequentemente se associa a outras lesões, porém seu tratamento normalmente não requer cirurgia e o paciente se recupera completamente. A lesão que frequentemente requer tratamento cirúrgico é a do ligamento cruzado anterior, muito frequente em jogadores de futebol e profissionais. A artrose do joelho também é muito comum e é ocasionada pelo desgaste da cartilagem articular ao longo dos anos.

É importante que toda a população saiba adotar medidas gerais e imediatas a qualquer trauma no joelho, que ajuda a combater a dor e o inchaço com medidas simples, como manter a perna elevada, gelo e antiinflamatórios.


Um dos cuidados que podemos ter para evitar tais lesões é evitar o excesso de peso, pois o sobrepeso sobrecarrega as articulações dos membros inferiores, especialmente os joelhos, o que leva ao desgaste mais acelerado de todas as estruturas da articulação. Outro ponto seria a prática de atividade física: treinamento de força muscular localizada (principalmente nas regiões do joelho/membro inferior, pois fortalece a musculatura tornando-a menos frágil a traumas e acidentes) e treinamento de flexibilidade(que previne o encurtamento) o que torna a articulação com maior grau de movimento além de mais estável. Quando já se pratica exercício é fundamental a preocupação com o aquecimento correto pois a prática inadequada (tempo insuficiente) favorece o acometimento de lesões.

Exercícios como agachamento e extensão de coxa são importantes para trabalhar os membros inferiores e quadríceps(musculatura anterior da coxa), respectivamente, e alongamentos para a região posterior da coxa(ajuda a evitar encurtamento na região) são boa recomendação para prevenção de lesões e dores!


agachamento
Agachamento



            extensao_de_coxa

Extensão de coxa











alongamento_posterior



Alongamento de posterior de coxa







 

Todos os direitos reservados.

" Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta vitória que vence o mundo: a nossa fé." ( 1Jo 5:4)

  Site Map